• ibcentralcascavel

O desafio da nossa fé

ūüďĖ 2Cor√≠ntios 4.8-10, 16-18: 8De todos os lados somos pressionados, mas n√£o desanimados; ficamos perplexos, mas n√£o desesperados; 9 somos perseguidos, mas n√£o abandonados; abatidos, mas n√£o destru√≠dos. 10Trazemos sempre em nosso corpo o morrer de Jesus, para que a vida de Jesus tamb√©m seja revelada em nosso corpo. [...] 16Por isso n√£o desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia ap√≥s dia, 17pois os nossos sofrimentos leves e moment√Ęneos est√£o produzindo para n√≥s uma gl√≥ria eterna que pesa mais do que todos eles. 18Assim, fixamos os olhos, n√£o naquilo que se v√™, mas no que n√£o se v√™, pois o que se v√™ √© transit√≥rio, mas o que n√£o se v√™ √© eterno. NVI

Quais são os limites da sua fé? Já pensou sobre isso? Existem tempos difíceis demais em nossas vidas até mesmo para os mais maduros, e esses tempos é quando a fé passa a ser desafiada. Porquê? Porque é necessário ter sua fé provada. Para que? Para o seu crescimento e amadurecimento espiritual.

Sem novos desafios, a fé em Deus não se aprofunda, não cria raízes. Com certeza existem áreas tanto em minha vida, quanto em sua vida que Deus ainda deseja transformar, ELE está trabalhando. Mas cada uma dessas áreas exige que coloquemos a nossa fé e confiança toda em Deus. E cada um dos desafios serão oportunidades para expandir os limites de nossa fé.

ūüďĘ Em que √°rea de sua vida Deus est√° desafiando voc√™ a confiar mais nele? N√£o desanime! Jesus √© sua for√ßa. Nos momentos de maior fraqueza o poder de Deus agir√° e lhe sustentar√°. Se voc√™ confia em Jesus, voc√™ n√£o ser√° de forma alguma enganado, desiludido. Portanto, N√£o desanime!

No amor de Cristo, Pr Paulo Berberth

12 visualiza√ß√Ķes0 coment√°rio

Posts recentes

Ver tudo