top of page

Acolher: Nossa Responsabilidade

ūüďĖ Romanos 15.7: ‚ÄúPortanto, acolhei-vos uns aos outros, como tamb√©m Cristo nos acolheu para a Gl√≥ria de Deus‚ÄĚ.


O Acolhimento é uma das atitudes mais belas e importantes da igreja. Desenvolver relacionamentos intencionais para a edificação e crescimento do corpo de Cristo e do Reino de Deus. O relacionamento intencional potencializa o acolhimento e a integração das pessoas à vida da igreja como um todo, não apenas nas atividades, cultos e programas, mas na vida relacional e fraternal da igreja como comunidade.


Muitas pessoas entram e saem dos templos e dos cultos, v√£o √†s programa√ß√Ķes, por√©m nem todas permanecem. N√£o √© por falta de interesse, mas pelo simples fato de n√£o se sentirem acolhidas. Ao mesmo tempo, noto que a maior parte dos que continuam congregando na igreja, s√£o pessoas que foram bem acolhidas, bem recebidas, conduzidas e acompanhadas por outras com quem criaram algum v√≠nculo.


Por isso, jugo ser importantíssimo desenvolver um acolhimento individual, olhando para cada pessoa que chega à igreja como alguém que precisa ser cuidado. Sendo assim, é preciso intencionalidade para integrarmos as pessoas à vida comunitária da igreja. "Acolher" é o conjunto das atitudes intencionais de levar o novo discípulo a se envolver com a vida em igreja. Acredito que os PG’s, as classes da EBD, os encontros dos ministeriais, os retiros, os cafés e demais encontros sociais da igreja são momentos estratégicos para a integração de novas pessoas.


Contudo, perceba que integrar n√£o √© integrar a pessoa a si mesmo, e nem √© for√ßar a barra para ela frequentar todas as atividades, mas √© fazer com que o disc√≠pulo se desenvolva espiritualmente por meio delas. S√£o estrat√©gias, ferramentas, mas o que mais importa √© a vida, n√£o a estrutura. Integrar n√£o √© ‚Äúapenas‚ÄĚ dar ao rec√©m-batizado ou visitante uma lista de regrinhas do que eles podem ou tem que fazer e praticar, por mais importantes que possam ser essas coisas. N√£o √© sobrecarreg√°-lo de panfletos e folhetos e dizer: Vai evangelizar! Integrar √© mais do que conseguir que a pessoa seja ass√≠dua aos cultos e se torne aluno da EBD. √Č mais que lhe fazer repetidos convites para que participe das atividades da igreja. Sem d√ļvidas , tudo isso √© muito importante, mas nem sempre vai ao encontro das mais profundas necessidades deles, todavia o amor √© acolhedor, no acolher existe o desejo de cuidar e servir. Este √© o primeiro passo.


No amor de Cristo, Pr Paulo Berberth

10 visualiza√ß√Ķes0 coment√°rio

Posts recentes

Ver tudo

Coment√°rios


bottom of page