• ibcentralcascavel

Fazendo o nosso melhor


ūüďĖ G√™nesis 1.31a: ‚ÄúE Deus viu o que havia feito, e tudo havia ficado MUITO BOM‚ÄĚ.


Podemos fazer as coisas de qualquer jeito ou bem feitas. Devemos fazer as coisas de tal modo que possamos olhar para o que fizemos e dizer:

- ‚ÄúFizemos o melhor que pod√≠amos fazer conforme as nossas possibilidades‚ÄĚ.


Quando Deus criou o mundo, olhou para cada uma de suas cria√ß√Ķes e viu que eram boas, mas quando terminou toda a cria√ß√£o viu que tudo era muito bom. ‚ÄúDizem que se dermos o nosso melhor, n√£o precisamos nos preocupar com o fracasso‚ÄĚ, pois Deus compreende todo o nosso esfor√ßo e motiva√ß√£o.


Quanto a n√≥s, o chamado, ‚Äúdever cumprido‚ÄĚ, s√≥ √© realmente cumprido se fizemos o melhor que poder√≠amos fazer, aos olhos dos outros, aos olhos de Deus e aos nossos pr√≥prios olhos. Veja:


Se um prefeito mandar asfaltar uma rua, mas não mandar fazer a rede de esgotos, não fez o melhor, fez o pior; Se um arquiteto criou uma casa, mas não aproveitou bem os espaços, não fez o máximo que podia; Se um escritor deixou o seu livro com os erros e não mandou para correção, não fez com o capricho que poderia ser feito; Se um professor não ensinar com entusiasmo o seu aluno e todo o seu conhecimento, ele deixou de fazer o principal; Quem cuida de uma residência e deixa o lixo debaixo do tapete, sabe que não merece elogios, porque não fez o melhor.

O que fazemos, valerá a pena, se fizermos com amor, com dedicação e buscando a excelência. Pode até não ficar perfeito, mas vamos saber que demos o nosso melhor. Quando amamos o que fazemos, fazemos o nosso melhor. Procure fazer o melhor!


No amor de Cristo Pr Paulo Berberth

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo