• ibcentralcascavel

Reforma Protestante

Hoje comemoramos os 504 anos da Reforma Protestante. Temos hoje a liberdade de Culto, a Autonomia das Religiões e Igrejas, a liberdade de expressão religiosa, antes sufocada e combatida de forma veemente. Devemos isso, a homens de Deus do passado, muitos dos quais pagaram com a própria vida, por causa da verdade que defendiam, ou seja, a pureza do Evangelho apresentado na Bíblia Sagrada.

É inegável a marca que a Reforma Protestante deixa na história do mundo. Poderíamos mencionar muitos Reformadores e Pré Reformadores. Todos foram importantes e indispensáveis. Com a sua vida e voz marcaram o seu tempo, sendo arautos da verdade que culminou no dia 31 de Outubro de 1517, quando Martinho Lutero, um monge alemão, o personagem destacado da Reforma Protestante afixou na porta da Igreja de Wittemberg 95 teses em que expôs seus protestos com o objetivo de repensar e debater alguns pontos relacionados a fé, a Igreja, a doutrina, a salvação etc.

Junto a Martinho Lutero podemos ainda destacar outros Reformadores tais como: João Huss, Hubmaier, Erasmo, Calvino, Zwinglio, Guilherme Farrel e Melancton.

Muitos eventos aconteceram, mas quero destacar que em abril de 1521, Lutero foi chamado para defender os pontos que margeavam a Reforma Protestante e na Dieta de Worms, e Lutero com a Bíblia na mão corajosamente respondeu: “Não posso e não quero retratar coisa alguma, porque não é seguro para o cristão falar contra a sua consciência. Aqui estou. Não posso fazer de outro modo. Deus me ajude. Amém”.

Outra coisa de extrema importância que precisa ser mencionada, são os cinco solas, pois tornou-se uma bandeira da reforma, confira: 1. Sola fide (somente a fé); 2. Sola scriptura (somente a Escritura); 3. Solus Christus (somente Cristo); 4. Sola gratia (somente a graça); 5. Soli Deo gloria (glória somente a Deus).

Podemos agradecer a Deus por isso. E orar: Que o Senhor nos use para sermos reformadores em nosso tempo, preservando a pureza do Evangelho de Cristo.

No amor de Cristo, Pr Paulo Berberth

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo